quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Câmara aprova reajuste salarial de advogados e procuradores municipais em Araripina. Tião votou contra


A partir de janeiro do próximo ano, servidores públicos da categoria jurídica na cidade de Araripina, Sertão do Araripe, passarão a receber o dobro de seus salários atuais. Isso porque na noite desta quarta-feira (6), foi aprovado na Câmara Municipal de Vereadores de Araripina um projeto de autoria do executivo municipal que cancela a gratificação mensal e incorpora o valor na folha salarial dos advogados e procuradores do município. Essa gratificação era opcional, segundo informou o vereador Evilásio (PDT). Agora esse pagamento se torna obrigatório, formulando assim, um reajuste de 100% nos vencimentos da categoria.

O vereador Tião do Gesso (PR), foi o único vereador a votar contra o projeto. Em seu perfil no Facebook, declarou que o ato é um desrespeito à população. -"Eu mais uma vez com coerência, ética e respeito ao povo dessa cidade, votei contra o projeto que aumenta em 100% o salário dos procuradores deste município, ou seja, de cinco para dez mil reais. Agora eu pergunto, isso é justo?", interrogou o vereador. O assunto divide opiniões entre a população. Uns contra, outros a favor.

No final do ano passado, Tião também se posicionou contrário ao projeto de autoria do poder executivo municipal que tinha como finalidade isentar donos de loteamentos de algumas tarifas tributárias. Tião fez jogo duro e só cedeu ao projeto após o documento sofrer algumas mudanças que lhe convenceram.

Fonte: Blog Revista Geral

Jovem acusado de tentativa de homicídio em Araripina é preso no N-04


Policiais da equipe Malhas da Lei e do Núcleo de Inteligência do Sertão (NIS-4), prenderam nesta quarta-feira (6), em Petrolina, um jovem acusado de tentativa de homicídio em Araripina, no Sertão do Araripe.

Segundo o boletim do 5º Batalhão da Polícia Militar (5º BPM), Paulo Ricardo Dias Melo, 24 anos, é acusado de esfaquear seu cunhado em 2008. O acusado encontrava-se evadido no projeto Senador Nilo Coelho (N-4).

Fonte: Carlos Britto / Revista Geral

Paulo Câmara repete o discurso de Eduardo Campos

Imagem de internet

O candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), decidiu incorporar ao seu discurso parte dos argumentos que são utilizados por Eduardo Campos (PSB) para combater Dilma Rousseff (PT).

Em entrevista à Rádio Olinda nesta quarta-feira, as frases que mais chamaram atenção foram as seguintes:

a) "Nossa Frente busca uma nova política para levar as ações àqueles que mais precisam, busca fazer as transformações necessárias".

b) "Os senadores não entenderam que o Brasil não está bem, que parou de crescer, que a inflação já dá sinais de retorno, que este ano tivemos o pior desempenho industrial em muito tempo".

c) "A presidente Dilma Rousseff vai entregar o país em pior estado do que recebeu. Queremos botar o Brasil no rumo certo, levar para o restante do país essa experiência que vem dando tão certo em Pernambuco, iniciada pelo ex-governador Eduardo Campos (PSB)".

O candidato explicou que não há contradição no fato de a Frente Popular ter, em 2010, apoiado Armando Monteiro Neto (PTB) para o Senado e hoje tentar desqualificá-lo.
"A Frente liderou o processo de 2010 e eles nos seguiram. Sabiam como pensamos. Mas, infelizmente, não nos acompanharam. Meu adversário não honrou a confiança de Pernambuco, votou contra os trabalhadores no Senado", afirmou.

Ainda durante a entrevista, Paulo Câmara previu que o alto grau de desconhecimento que ainda enfrenta será suprimido em breve, e que a estratégia para enfrentá-lo está incluída em seu planejamento.

"Nossa candidatura é nova, de alguém que nunca disputou uma eleição. À medida que nos conhecerem, entenderem que representamos a continuidade com avanço do trabalho de Eduardo Campos, vamos crescer. Esperamos que esse grau de reconhecimento chegue a 100% até o fim de setembro", afirmou.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

SECA!

Imagem de internet
A seca volta a rondar o sertão pernambucano, especialmente do Araripe, onde as chuvas foram escassas ao longo deste ano. No vizinho Estado do Ceará já se faz racionamento d'água em vários municípios e o maior açude do Estado, o Castanhão, está com apenas 1/3 de sua capacidade de acumulação. entre abril de 2013 e julho deste ano, ele perdeu 1 bilhão de metros cúbicos de água.

Hoje, estado tem apenas cinco cidades com mais de 12 mil habitantes, segundo dados da Condepe/Fidem

Imagem de internet

Com a aprovação pelo Senado, esta semana, do projeto de lei que viabiliza a criação de novos municípios, a Assembléia Legislativa de Pernambuco vai reeditar um grupo de trabalho para análise de projetos engavetados há quase 20 anos. Atualmente, 26 projetos de emancipações tramitam na Casa. O número dos viáveis a partir da população, porém, é bem menor. Um jornal de circulação estadual conseguiu levantar apenas cinco com mais de 12 mil habitantes. Isso a partir de dados da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco. (Condepe/Fidem).

Os deputados, porém, deverão usar de cautela para tratar o tema na Casa. "Como é um período de eleição, é mais complicado porque qualquer movimento pode ser entendido como eleitoral, mas temos vários deputados aqui que estão interessados em acompanhar isso de perto", comentou o vice-presidente da Comissão de Negócios Municipais, Odacy Amorim (PT).

MUNICÍPIOS COM DISTRITOS QUE PODEM SER EMANCIPADOS:

Brejo da Madre de Deus

30.104 eleitores
0.562 Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)
29,46% da população com dez anos ou mais é analfabeta
40,51% do município tem saneamento adequado
R$ 4.692 de PIB per capita
Distrito para emancipação: São Domingos

Ipojuca

63.503 eleitores
0.619 Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)
19,21% da poulação com dez anos ou mais é analfabeta
36,78% do município tem saneamento adequado
R$ 116.198 de PIB per capita
Distrito para emancipação: Nossa Senhora do Ó

Buíque

36.570 eleitores
0.527 Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)
36,61% da poulação com dez anos ou mais é analfabeta
25,47% do município tem saneamento adequado
R$ 5.556 de PIB per capita
Distrito para emancipação: São Domingos

Cabo de Santo Agostinho

148.848 eleitores
0.686 Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)
12,17% da poulação com dez anos ou mais é analfabeta
46,41% do município tem saneamento adequado
R$ 28.860 de PIB per capita
Distrito para emancipação: Ponte dos Carvalhos

Jaboatão dos Guararapes

418.241 eleitores
0.717 Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)
8,61% da poulação com dez anos ou mais é analfabeta
38,43% do município tem saneamento adequado
R$ 13.042 de PIB per capita
Distrito para emancipação: Cavaleiro dos Curados

Fonte: Condepe/Fidem/IBGE/Blog do Magno